Um time e uma torcida com 100% de relacionamento.

sambatricolor

Quem vê o São Paulo Futebol Clube nos 3 primeiros meses de 2017 vê com certeza não apenas uma equipe diferente no modo de jogo e de como tratar os jogos durante os 90 min, mas também do ânimo e determinação de seus jogadores durante e após os jogos. Inegável que começar o ano com um título, mesmo sendo o da Florida Cup, não venha a mudar a vontade e determinação de atletas, equipe técnica e dirigência, os ânimos são outros e o modo de enxergar o futuro também.

A relação dos atletas Tricolores em 2017 é diferente, é bacana de se ver e nos dá e demonstra alegrias em cada postagem ou notícia divulgada. Como um verdadeiro adepto de redes sociais, sigo diversos jogadores e páginas do Clube e de seus diversos colaboradores, com certeza é o ano em que mais me mantenho feliz a cada postagem feita por cada um deles. O relacionamento está mais sadio, fotos e vídeos entre os jogadores são cada vez mais comuns e principalmente as escolhas de Rogério Ceni para a união do grupo surtem em resultados. O que antes mostrava-se um martírio, hoje chega até a ser bacana olhar para o banco de reservas, onde encontra-se sorrisos, vibrações e cada vez mais participações. Cada gol marcado jogadores que antes estavam entre os 11 titulares e agora encontram-se na reserva, vibram em conjunto, numa grande demonstração de união e amizade. O rodízio implantado por Rogério não lembra o que fazia Osório em 2015, o nosso eterno capitão utiliza jogadores de funções corretas e da um descanso para outros, dando assim chance a todos sem perder a essência e espirito de jogo. É válido lembrar também que o M1TO implantou as refeições em conjunto em jogos fora, dando ainda mais forças à união desejada. Sim, Rogério mudou não apenas o modo de jogo Tricolor dentro de campo, mas também o espirito dele fora das 4 linhas.

Junto a eles a torcida Tricolor também da show fora das 4 linhas. Lotando o estádio do Morumbi e fora do estado apoiando a equipe nos jogos feitos na Copa do Brasil. Acostumados a jogar a Libertadores, vejo hoje uma grande e bacana experiência de jogar a Copa do Brasil, em principal pelo apoio dado aos jogadores no Hotel e também pelos estádios que se lotam foram de São Paulo.
A volta do M1TO e o bom futebol são as principais causas do bom relacionamento entre torcida e equipe. Sempre foi gratificante ir ao Morumbi e apoiar aquele que posso (podemos) chamar de amor, ir ao Morumbi e sentir a emoção de encontrar uma equipe feliz e determinada, com um técnico apaixonado por seu trabalho e por quem trabalha é de uma gratificação maior ainda.

Posso dizer com toda certeza do mundo e com todo amor do mundo, como sou feliz em ser São Paulino e de ter pessoas apaixonadas pelo Tricolor trabalhando em prol dele e me acompanhando na torcida.

Ser São Paulino é bom demais, cara!

VAMOS SÃO PAULO, CARAJO!

Foto: Mauricio Rummens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s