Defensa y Justicia 0x0 São Paulo

prattosula1

Em um dia totalmente recheado de Sulamericana, o prato principal não nos deu o sabor da vitória e muito menos um jogo para nos fazer suspirar por jogadas, lances ou fortes emoções como o grito de gol. O jogo de hoje nos deu uma apresentação nova, nos deu formações diferentes, nos deu visões diferentes.

O São Paulo entrou em campo procurando a vitória, a evidente formação com Pratto e Chavez mostrava que Rogério Ceni optara por uma equipe ofensiva mas preocupada na marcação, uma vez que utilizara dois volantes de marcação e três zagueiros de contenção. O problema maior estava na criação de jogadas, Wellington Nem não rendeu o esperado pelo meio e logo Rogério Ceni viu-se obrigado a mudar a formação anterior de 3 zagueiros e adiantar Rodrigo Caio para a frente deles, Nem então deixou Pratto sozinho na frente e atuou ao lado de Chavez pelas laterais, o São Paulo se soltava mas a boa marcação argentina era superior. Os argentinos que apostavam nas bolas enfiadas e nos contra-ataques contra os laterais São Paulinos, jogaram e muito bem para cima de Buffarini e Araruna, e na etapa inicial conseguiram amarelar o argentino Buffarini.

É viável que falemos de Buffarini. As vezes muito contestado e tenho certeza que muitos que aqui estão lendo o contestaram hoje, pra mim figura como peça importante em nosso elenco. Buffa tem garra, tem vontade e não mede esforços em jogadas, não é habilidoso e pouco chega ao ataque, mas faz bem a função que lhe cabe e mesmo que venha a receber o numero de cartões que tenha recebido, por carrinhos, nos ultimos dois jogos (3 amarelos e 1 vermelho), o lateral é algo diferente, uma raça diferente. Podia sim ter evitado um dos cartões, mas a sua vontade excessíva de ganhar o pendurou. Não o critico, muito pelo contrário, gosto de vê-lo jogando.

O São Paulo esteve apagado no segundo-tempo e a bola presa que estivera até metade da segunda etapa começou a se soltar apenas para o lado da equipe verde e amarela e começar a assustar Dênis. Porém foram apenas sustos, longe de levar real perigo a meta São Paulina. A zaga composta por Rodrigo Caio e Lucão foi completamente segura e aquele que antes era criticado, hoje foi monstro, não só hoje, mas de uns jogos pra cá se mostra novamente o bom jogador que era assim que subiu para o profissional.

lucãosula1Lucão foi grandioso, jogou muita bola. Seguro, conciso e muito bem na marcação individual. Torço muito pro gradual crescimento desse menino que além de muito gente boa é muito bom jogador, o que já provara tempos atrás na base Tricolor e na Seleção de Base. O menino ta voltando e a confiança que Rogério Ceni depositou nele o ajudou bastante.

O empate em 0x0 não foi o pior dos resultados, claro, uma vitória seria bem melhor, mas num ponto em que nos encontramos jogando fora de casa e com desfalques/ jogadores importantes poupados, o resultado fica como ponto muito positivo, uma vez que definimos o resultado em nossa casa, no Morumbi, ao lado de nossos torcedores.

Atuações

Dênis: Seguro e muito bem postado. Quase não acionado, porém seguro em todas saídas de bola. 6,5

Rodrigo Caio: Cada dia prova ainda mais que é excelente zagueiro e zagueiro de seleção. Excelente na marcação e muito forte nas disputas de bola. 8

Breno: Muito bem quando acionado, porém perdeu um pouco do ritmo após ser acertado com uma cotovelada. Saiu para a entrada de Shaylon. 6

Lucão: Xerife e como já dito grandioso na marcação indivual e aérea. Melhor em campo. 9

Buffarini: Correu o jogo inteiro e se esforçou ao máximo na lateral que não lhe é cabível. Forçou nos carrinhos e errou bastante na força dos mesmos. 5

Araruna: Jogou bem, porém rende melhor como lateral e não como Ala. Melhorou muito quando voltou para a recomposição na segunda etapa. 6,5

Jucilei: Joga de terno e gravata e em meio a um meio de campo truncado se sobressaiu. 7

João Schmidt: Fez o básico mas apagado perante a atuação de Jucilei. Sua marcação individual foi bem feita mas cansou rápido na segunda etapa. 6,5

Welligton Nem: Colocou a velocidade necessaria para o São Paulo no jogo mas perdeu dois gols importantes para a equipe. 6,5

Chavez: Fez o que não lhe é visto fazer, jogar para outro finalizar e fez bem. Um primeiro tempo bom mas apagado na segunda etapa, assimo como o sistema ofensivo. 6,5

Lucas Pratto: Buscou o jogo e ajudou muito na marcação dentro do meio de campo, deu dois passes importantes não aproveitados e foi muito bem marcado. 7

Shaylon: Esteve perdido com a falta de referência de um volante que chega ao ataque, atuou pouco. 5,5

Junior Tavares: Melhorou a lateral esquerda e agiu de forma concisa na marcação. Diferente do Junior que parte para o ataque, fez o que se pedia, marcou. 6

Wellington: Pouco tempo em campo, entrou para ajudar na marcação e contenção do ataque argentino. 5

Rogério Ceni: Ousou numa formação diferente para tentar sair com o resultado na primeira etapa e arrumou logo quando percebeu que não daria certo. Buscou o placar mas se conteve à lógica do jogo e bancou o sistema defensivo. 7

spfcsula1

Os olhares voltam-se agora novamente para o Paulistão, o jogo contra o Linense pode selar a vaga nas semi-finais e com o apoio da torcida o Tricolor tem tudo para fazer um bom placar e continuar em ascenção na competição. Pontos positivos hoje para a zaga Tricolor que vai para o seu terceiro jogo sem levar gols.

Que venha novamente o Linese e nosso caminho de sempre ao Morumbi!

VAMOS SÃO PAULO, CARAJO!

Fotos: Rubens Chiri (São Paulo Futebol Clube), CONMEBOL e Globo Esporte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s