Cruzeiro 1×2 São Paulo. Termina o sonho, não o trabalho.

CristianeMattosRC

Quem assistiu Cruzeiro x São Paulo hoje viu um São Paulo diferente daquele que se apresentou nos dois ultimos jogos, um time aguerrido, com alma e vontade de vencer. Bem escalado, entrou desde o primeiro minuto procurando o gol, quase marcou com Cueva depois do belo passe de Pratto, um erro do peruano que não tira o mérito de tudo o que vem fazendo com a camisa Tricolor.

O São Paulo entrou ligado, disposto a se entregar durante os noventa minutos, encontrou pela frente um Cruzeiro diferente do que vieste ao Morumbi, que se arriscaria no ataque, ponto para Rogério Ceni que apostou em Morato e Wesley, o primeiro para carregar a bola com velocidade no lado direito do campo, o segundo, contestado sempre, fez a contenção do jogo enquanto atuou na volância e quando foi para o lado direito substituir Bruno fez bem a função. Eram as peças, por um lado deu certo, mas foi do lado esquerdo que após jogada de Junior Tavares o Tricolor saiu na frente com o gol de Pratto. Por um momento me veio na cabeça aquela semi-final contra o Atlético Nacional. Uma sorte, não era a Conmebol que estaria apitando. Superiores na primeira etapa toda o Tricolor nos deu esperanças. Pratto jogando um futebol grandioso, Morato sem medo de estreia e o meio sempre calmo e conciso. A volta para a segunda etapa parecia nos dar mais esperanças, ataque forte como no primeiro tempo e também muito bem equilibrado. Claro, a saída de Bruno foi um baque, Wesley não chega tão forte no ataque, mas conseguiu desempenhar o papel necessário que lhe foi cabível. O cruzeiro cresceu e isso também é inegável, a falha de Rodrigo Caio não é motivo para crucifica-lo. Todos erram, o menino que hoje errou salva nossa equipe em muitos jogos. É ridículo que muitos torcedores venham pedir a cabeça do garoto que teve gesto louvável no final de semana e hoje errou. Para esses torcedores eu apenas peço, larguem a camisa do São Paulo no sofá de casa, é o lugar que ela e vocês merecem. Tomamos o gol mas não nos apequenamos, Gilberto entrou e novamente marcou. Ainda tenho dúvidas em relação a sua titularidade, mas o camisa 17 vem deixando a cada dia uma impressão maior de que podemos sim jogar com dois atacantes, queira a mídia ou não.

O São Paulo foi superior, buscou o resultado e infelizmente perdeu para si mesmo no primeiro jogo. O fantasma da Copa do Brasil ainda nos persegue infelizmente, mas uma coisa é certa, a confiança no trabalho de Ceni é grandiosa. Rogério mostra o que é necessário para que a equipe busque o resultado, hoje venceu e venceu bem, foi superior e deu um nó em Mano, que com um gol de falta saiu vitorioso. Infelizmente não saímos classificados, mas perante ao São Paulo de anos atrás, estamos numa crescente, naquela que esperávamos. Ainda brigamos por títulos no ano e com certeza Rogério tem tudo para nos levar a eles. É hora de blindar nossa equipe, Rogério Ceni e Rodrigo Caio contra os ataques idiotas da imprensa esportiva brasileira. Chega a dar pena e uma leva raiva dos comentários vendidos que amigos de imprensa postam, porém, cabe a nós, jornalistas ou não, porém São Paulinos, sermos parciais e não modinhas, darmos apoio e percebermos que estamos trilhando o caminho correto, com as pessoas corretas, no tempo correto.

Atuações.

Renan Ribeiro: Muito seguro nas bolas aéreas e dono de uma defesa importantíssima na segunda etapa. Traído no gol. 7,5

Bruno: Voltou bem apoiando o ataque, sentiu a contusão e se viu obrigado a sair. Bem no tempo em campo. 6,5

Maicon: Muito bem e simples na marcação. Fez o feijão com arroz e muito bem. 7

Rodrigo Caio: Erro na bola lançada à ele e na marcação de Arrascaeta. Culpa clara no gol mas redimido no toque de cabeça que originou o gol de Gilberto. 6

Junior Tavares: Apoiou bem e deu trabalho para o lado direito do Cruzeiro. 6,5

Wesley: Boa contenção quando atuando como volante. Caiu um pouco na ida para a lateral. No geral bem, marcação forte e bom apoio. 6,5

Cícero: Um pouco apagado. Levou perigo na primeira etapa mas se acuou após a entrada de Jucilei. 5,5

João Schmidt: Assim como Cícero, se apagou após entrada de Jucilei, porém soube marcar o jogo inteiro e demonstou vontade. 6,5

Cueva: Ainda sente o ritmo de jogo. Perdeu bolas e não conseguiu fazer a equipe pensar. É com certeza um dos nossos melhores jogadores, infelizmente ainda sente a contusão. 5

Morato: Bem no primeiro tempo e melhor no segundo. Não sentiu a estreia nem o peso da camisa. Aposta de Rogério e muito boa. Faltou arriscar, mas no geral foi bem. 7,5

Lucas Pratto: Nosso melhor jogador em campo. Lutou os noventa minutos e abriu o placar que nos deu esperanças. Brigou por todas as bolas mas levou azar em algumas finalizações.  8

Jucilei: Como sempre muito bem, como sempre forte e conciso na marcação. Homem de confiança de Ceni e da torcida. 7,5

Thomaz: Entrou bem e deu velocidade à equipe. Melhor que Cueva durante os minutos que esteve em campo. Levou a equipe ao ataque após gol do Cruzeiro.  6,5

Gilberto: Golberto! Como já dito, ainda precisa confirmar o uso de dois atacantes, mas jogo após jogo prova que a possibilidade é grande. Guerreiro e matador dentro da área. A cara Tricolor ao lado de Pratto. 7,5

Rogério Ceni: Deu nó tático em Mano Menezes e participou ativamente da partida. Traído no gol do Cruzeiro que colocou abaixo o bom jogo que fizeste hoje. Mexeu bem na equipe na segunda etapa. 7,5

Infelizmente a classificação não veio, mas a vitória voltou, o bom futebol voltou e a certeza de crescimento é cada dia melhor mantida. Rogério tem os pés no chão, o São Paulo tem os pés no chão, cabe agora ao torcedor não procurar pelo em ovo e deixar o técnico trabalhar, deixar a equipe crescer cada dia mais.

Que venha novamente o Corinthians. Não vai ser fácil, Itaquera é realmente complicado e temos novamente um revés por 2×0 para reverter. Vamos pra cima, jogar com a força que jogamos hoje. Acredito na vitória, como acreditei hoje até o final. Temos um time bom e jogando o futebol que jogamos hoje, temos tudo para vencer.

Domingo estaremos com o Tricolor, sempre acreditando, sempre apoiando, sempre sendo São Paulo!

VAMOS SÃO PAULO, CARAJO!

Foto: Cristiane Mattos / Futura Press

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s