Esqueçam Rodrigo Caio e pensem no São Paulo.

Esqueçam de uma vez o Fair Play de Rodrigo Caio, não foi isso que nos tirou da final. Esqueçam que temos um time superior ao do Corinthians mas que fomos eliminados em casa por eles. Esqueçam Jô, esqueçam o episódio passado, pensem no São Paulo e parem de culpar Rodrigo Caio por qualquer, coisa

Era claro que o gesto de Rodrigo ia ser feito apenas por ele. Estranho seria esperar que algum adversário fizesse o mesmo, estranho seria achar que alguns voltariam lances ou faltas. Estranho seria a FPF continuar escalando bons arbitros. Estranho seria dois arbitros apitarem bem ambos os jogos. Estranho foi apagarmos no Morumbi, mesmo dentre todas as histórias que rondaram o jogo nesse dia.

Superiores? No primeiro jogo sim, mas infelizmente pegamos um Corinthians em ambos os jogos que se comporta da mesma forma, fechado e esperando muito a bola. Tirando o gol de Rodriguinho no primeiro jogo, os outros dois, revoltantes pelos impedimentos claros não marcados, deixam um gosto amargo e ridículo a ser tratado nos próximos anos. A FPF se mostrou fraca, cada dia mais inexperiente num futebol que precisa ser tratado cada dia mais com experiência e profissionalismo. Se o futebol está mudando, não precisa apenas que novos Rodrigo Caios surjam, até por que hoje novamente mostrou-se que eles são raros no futebol.

Esqueçam que fomos desclassificados, xinguem a FPF, deem tempo para o Rogério Ceni e parem de pegar no pé de Rodrigo. Pensemos no São Paulo, apenas nele e para o melhor para ele, que não é só reclamar e sim procurar observar as evoluções.

Sobre o jogo de hoje, pouco tem a se falar. Tomamos novamente um gol irregular e não conseguimos finalizar o adversário. Jogamos bem no primeiro tempo, incisivos e fortes, mas a boa marcação corinthiana nos impediu. A atuação do trio de arbitragem pareceu ser sentida nos jogadadores do Tricolor, o segundo-tempo nervoso e com muitas faltas e reclamações foi o principal ponto. Novamente o jogo mostrou o despreparo da arbitragem, que se mostou perdida a acuada.

Pratto ainda fez nosso gol e mostrou que é um dos melhores atacantes do Brasil, uma pena não ser brasileiro, porém graças a Deus e a Leco é nosso jogador e veste nossa camisa com orgulho e amor. Além de ter espirito guerreiro e jogar para o time, Pratto prefere manter o anonimanto e não se envolver em qualquer problema. Seu gol de hoje mostra a qualidade ofensiva, um belo gol, vindo de um grande atacante.

Atuações.

Renan Ribeiro: Sem culpa no gol e pouco utilizado. Bem no chute de Romero na primeira etapa. Conquista a vaga de titular pela segurança em baixo das traves que passa para a equipe. 6

Wesley: Costumo sempre bancar Wesley quando ele joga simples, hoje foi mais um jogo assim. De forma simples e buscando sempre o jogo. Errou muitos cruzamentos, mas correu e ajudou na briga. 6,5

Maicon: Seguro quando acionado. Esteve boa parte do tempo fazendo a contenção. 6

Rodrigo Caio: Para amigos de imprensa e torcedores é o culpado de tudo. Para mim fez novamente um bom jogo. Nervoso no início mas calmo no decorrer do jogo e bem na marcação. 6,5

Junior Tavares: Rendeu pouco mas procurou espaços na primeira etapa. Foi sacrificado para deixar o time mais ofensivo. 5,5

Cicero: Marcou o jogo inteiro mas aproveitou pouco as chances que teve no ataque. 5

Thiago Mendes: Deixa claro que detesta perder clássicos e não aceita jogo errado. Foi bem na marcação da primeira etapa mas correu errado toda a segunda até ser expulso. 5,5

Jucilei: Novamente o melhor do time, calmo, tranquilo e com muita qualidade. Joga de terno até no meio dos problemas. 7

Cueva: Ainda sofre com a volta da contusão. Procurou o jogo mas foi bem marcado. Voltará com o tempo. 5,5

Gilberto: Arriscou e procurou jogo. Mostra que quer sempre vencer mas fica limitado sem que a bola chegue à ele. 6

Lucas Pratto: Grandioso Pratto. Como já dito, um dos melhores da posição no Brasil, um dos mais fortes e melhor finalizador. Mostra confiança em campo e é possível que vire capitão da equipe com tamanha identificação. 7

Chavez: Procurou o jogo mas não finalizou. Esteve muito acuado com a defesa do rival. 5

Luiz Araújo: Precisa voltar a jogar o futebol que nos dava orgulho urgente. Parece perdido em campo e os dribles rápidos estão ficando curtos e lentos. Volta Luiz! 4

Thomaz: Como sempre entrou procurando o jogo e achou. Importante no gol de Pratto. Marca e leva a marcação com ele. Bom jogador. 6,5

Rogério Ceni: Infelizmente não tem peças que possam mudar um esquema tático diferente, jogou no tudo ou nada e conseguiu buscar o jogo. 6

Já foi, o Campeonato Paulista acabou também. Digo que estou louco para escrever aqui um texto de uma final que levaremos, não será nas próximas semanas, mas com certeza está próximo. O amor por essa camisa nunca será menor, na verdade a cada dia ele cresce ainda mais, cada dia é muito mais forte e orgulhoso. Não abaixo a cabeça na derrota, levanto ela vendo a qualidade no trabalho para o futuro. É nítida como já dito aqui milhares de vezes a evolução da equipe. É nítido que não nos entregamos mais, depois da derrota em casa, a entrega em busca das vitórias e classificações foram nítidas, não aconteceram, mas da cada dia mais apoio e garantia no trabalho do M1TO. O apoio sempre continua, os bons tempos voltarão, para que com ele, o sorriso no rosto São Paulino também volte, aquele mesmo sorriso compartilhado de entrar no Sacrossanto.

Um ultimo pedido, parem de encher o saco de Rodrigo Caio. Obrigado!

Vamos São Paulo, CARAJO!

Fotos: Mauricio Rummens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s